Se você tem uma empresa e participa de eventos e consultorias, provavelmente já ouviu falar sobre a importância de estar presente no mundo digital.

Este é um dos assuntos mais abordados pelos gurus, consultores e empresários de sucesso.

Mas surge a pergunta que não quer calar: como divulgar minha empresa na internet?

Para responder essa pergunta, analisamos as características dos principais canais digitais, para ajudar você a encontrar o melhor para o seu negócio. Mas antes, confira alguns dados importantes que evidenciam o potencial da internet para as empresas:

  • 67% da população brasileira com idade superior a 10 anos têm acesso a internet (Fonte: IBGE)
  • Segundo o levantamento divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), isso representa que 116 milhões de brasileiros estão conectados à rede. A ampla maioria por meio de celulares (94,6%).
  • O e-commerce no Brasil cresceu 15% e deve faturar cerca de R$ 69 bilhões neste ano, de acordo com a (ABComm).
  • Se a estimativa se confirmar, serão mais de 220 milhões de pedidos em lojas online, o que representa 17 milhões a mais que no ano passado.

O que as estatísticas mostram

As estatísticas impressionam e a cada ano, atraem milhares e milhares de empreendedores ao mundo virtual, que enxergam nas plataformas online, uma grande oportunidade de negócio. Porém, quanto mais gente, maior a concorrência.

E aí o desafio é conseguir se destacar neste mar de empresas que decidem entrar na internet.

É preciso remar forte e, principalmente, do jeito certo. Caso contrário você vai morrer na praia (e gastar dinheiro a toa).

Concorrência na internet

Se você tentar abrir o seu próprio negócio hoje, por mais específico ou diferente que ele seja, é muito provável que você já tenha inúmeros concorrentes.

A internet apresenta um tsunami de informações sobre os mais variados assuntos. Segundo dados do Google de 2017, são feitas mais de 2,3 milhões de buscas na internet em apenas 1 segundo. Isso significa que mais de 100 bilhões de pesquisas são feitas por mês.

É raro não encontrar o que você procura.

E se para todos os assuntos alguém foi mais esperto e já chegou antes, como divulgar sua empresa na internet?

A resposta: sendo relevante!

Você pode não ser o primeiro mas pode tentar ser o melhor ou ao menos o que melhor vende a sua marca e o seu produto. Por isso separamos algumas dicas do que você precisa saber antes de começar a divulgar sua empresa na internet.

Confira 3 pontos importantes para ficar atento antes de escolher o canal digital que você vai investir

Planejamento

Antes de pensar em qualquer coisa, você precisa avaliar para quem você vai produzir.

Qual é o perfil do seu público-alvo?

A idade, o gênero, os hábitos.

Avalie seus potenciais clientes e o mercado do qual você fará parte. Veja quais serão seus concorrentes e como eles têm trabalhado. Estude com profundidade a sua localização e faça um levantamento sobre as tendências de consumo.

Relacionamento

Pessoas fazem negócios com pessoas. Nunca se esqueça disso!

É preciso pensar como criar de fato uma boa experiência para atrair usuários, independente do formato e ferramenta que você escolha.

Outra coisa importante: não faça propaganda enganosa, pois uma hora ou outra, as pessoas saberão a verdade e isso pode trazer consequências pesadas para a sua empresa. A reclamação do usuário, se publicada na internet, irá se perpetuar e rapidamente sua marca perderá credibilidade e relevância.

Investimento

Estar na internet tem um preço.

Isso não significa que será caro, mas também não pense que com R$ 300 se faz muita coisa.

Para desenvolver algo é preciso envolver vários profissionais e se você preza por uma entrega de qualidade, precisa enxergar qualquer despesa relacionada a isso como investimento.

Ao se perguntar “como divulgar minha empresa na internet”, esteja atento ao Retorno sobre Investimento, popularmente conhecido como ROI.

Por meio desse indicador, é possível saber quanto dinheiro a empresa está ganhando ou perdendo em cada investimento realizado. Assim fica fácil enxergar se os investimentos na internet estão sendo assertivos e atendendo as expectativas.

E agora vamos lá!

7 formas super eficazes para divulgar sua empresa na internet

Site

Ter um site é essencial para que a sua empresa ganhe mais visibilidade e conquiste um número maior de clientes. Ele é uma vitrine 24h para o seu negócio, reunindo todas as informações importantes que o seu público-alvo precisa saber.

Além disso, também é um grande facilitador para atender o cliente de forma rápida e eficaz. Como falamos anteriormente, cada vez mais as empresas estão na internet e se as pessoas não encontrarem a sua, certamente encontrarão a do seu concorrente e você irá perder potenciais clientes.

Existem inúmeras possibilidades para criação de sites atualmente. Desde ferramentas que prometem “sites de graça sem você precisar saber programar” até empresas especializadas no desenvolvimento de soluções digitais.

O que você precisa saber é que são vários fatores que determinam esse valor:

  • O registro de domínio, ou seja, o nome do seu site, custa em média R$ 40 por ano.
  • O valor de uma hospedagem pode variar bastante e depende muito do tipo de site que você pretende ter. Lembrando que esse custo é mensal.
  • É preciso de um profissional para criar um layout para o seu site, algo bonito e funcional. Os valores aqui podem variar bastante de acordo com a complexidade do site e a habilidade do profissional.
  • Para fechar essa conta, precisamos de programadores, que vão transformar o layout final em um site disponível na internet.

Lembre-se: você está fazendo um investimento que com certeza terá retorno no futuro. Por isso, pagar menos pensando em economizar pode ser um tiro no pé. Você pode ter seu site invadido, ser enganado por profissionais ou empresas duvidosas ou até mesmo não conseguir oferecer uma boa impressão ao cliente.

Blog

Blog

Assim como um site, ter um blog é apresentar ao cliente como a empresa funciona.

Mas aqui você pode explorar outros caminhos e mostrar como a marca enxerga o mercado, dar dicas e ter um relacionamento mais pessoal com os clientes.

O custo para criar e manter um blog é muito parecido com os do site e normalmente as pessoas e empresas optam por utilizar o WordPress, uma das plataformas mais populares na internet hoje e que é gratuita. Isso faz com que parte dos custos de ter um blog sejam eliminados.

Ter um blog é ideal para quem deseja ser encontrado nas buscas do Google.

Isso porque o Google dá preferência para sites que oferecem conteúdo relevante e de qualidade e o blog é o canal mais utilizado para produzir conteúdo.

É importante se atentar na experiência do usuário. Para isso o blog precisa ter um layout amigável, fonte própria para leitura na web, além de um conteúdo bem estruturado para facilitar a leitura dos visitantes.

Loja virtual

Loja virtual

A maior vantagem de ter uma loja virtual é poder faturar a qualquer dia e horário.

Consequentemente você irá expandir a venda dos produtos para clientes de cidades que não tem acesso as lojas físicas. Além de dar mais visibilidade dos produtos e consolidar a marca.

Conforme dados da Abradi-SP, 50% do sucesso de um e-commerce deve-se ao fato do produto ou serviço ser bom.

A outra metade é relacionada a manter sua loja virtual ativa e rentável, unindo um bom planejamento com uma gestão eficiente. Realizando um bom investimento e oferecendo um bom serviço na internet, o retorno pode ser quase imediato.

É importante cuidar da segurança da sua loja virtual para evitar roubos e fraudes. Para isso, conte sempre com uma empresa especializada.

Landing page

O objetivo da landing page é oferecer as informações mais importantes para divulgar e vender o produto ou serviço anunciado em uma única página.

Essas páginas são utilizadas em conjunto com links patrocinados (Facebook e Google) e ajudam a converter visitantes em clientes no seu negócio.

Outra grande vantagem é o custo.

Geralmente o custo para criação e manutenção de uma landing page é muito mais baixo que de um site ou blog.

Um cuidado que você deve tomar ao optar por divulgar sua empresa na internet através de uma landing page, é evitar colocar diversos assuntos nela. Uma landing page é diferente de um site. O principal objetivo deste canal é apresentar uma oferta única para capturar potenciais clientes.

Redes Sociais

Redes sociais

As redes sociais fizeram uma grande revolução no modo como as pessoas se comunicam.

O mesmo vale para o efeito delas para as empresas.

Entre as maiores vantagens estão: a comunicação instantânea e diversificada (vídeos, imagens, textos, etc), inúmeras informações disponíveis dos seus potenciais clientes, divulgação de produtos e serviços, além de ser um grande canal de entretenimento para consolidar a marca.

A criação dos perfis nas redes sociais é gratuita.

O gasto só aparece quando você for pensar em uma produção de conteúdo profissional e na divulgação através de links patrocinados. O alcance orgânico, se bem sucedido, pode atingir um número gigantesco de pessoas, mas no meio de tanta concorrência, é essencial um investimento para evidenciar sua marca.

Importante: cuidado com essa história de “eu mesmo faço”. Essa é mais uma economia que pode trazer resultados desastrosos para sua empresa. É muito importante ter um orçamento disponível para que profissionais façam isso para você.

E-mail marketing

O e-mail marketing é uma ótima opção para coletar endereços de e-mail e manter contato com clientes.

Por aqui você pode concentrar todas as ações que faz em outros canais, informando sobre novidades, promoções, entre outras coisas.

Além disso, as mensagens enviadas por e-mail não têm limites de caracteres e podem conter imagens e GIFs.

Por meio dele você pode comunicar mensagens curtas, incluir diversos links para páginas da web ou contar uma história longa. Portanto, o e-mail pode ter o formato de que você desejar!

Independente da ferramenta que você escolher para fazer o gerenciamento disso, o investimento não será muito alto. Por isso o e-mail, se bem utilizado, pode ser um dos canais que tem melhor retorno financeiro.

Um cuidado que você deve tomar ao escolher o e-mail como forma de divulgar sua empresa na internet é nunca comprar listas de e-mail. Os seus contatos devem chegar até você através de cadastros em landing pages, ou ações para gerar leads.

Isso porque listas compradas diminuem a taxa de engajamento. Natural, afinal as pessoas não pediram para receber seus e-mails. A consequência desse baixo engajamento é a queda na relevância do seu domínio e ainda a possibilidade de ser acusado como Spam.

Google Ads (AdWords)

O Google AdWords, que recentemente passou a se chamar Google Ads, é uma ferramenta do Google que aluga o espaço das primeiras posições das buscas para as empresas.

Se você não tem um bom tráfego orgânico para o seu site e não tem tempo para trabalhar nisso, o Google Ads é uma boa opção. As diferenças entre uma campanha ruim e uma boa são:

  • Qualidade da palavra-chave: se você usar uma palavra-chave que não define bem o seu produto, pode pagar por acessos de pessoas que não estão interessadas em seu produto. Isso vale tanto para produtos quanto para serviços.
  • Grupos de anúncios: o ideal é criar mais de 3 grupos anúncios, todos com chamadas persuasivas. Assim, você consegue analisar qual anúncio está com um melhor desempenho e pausar os outros. O famoso teste A/B.
  • Palavras-chave negativas: se você vende remédios manipulados, pode pagar pelos cliques de pessoas que estão procurando sobre “manipulação da mídia”, “técnicas de manipulação”, entre diversos assuntos que não estão relacionados com a sua marca. Para evitar isso, negative essas palavras. Assim, sua campanha terá um desempenho muito melhor.

Agora que você já conhece um pouco dos principais canais para divulgar sua empresa na internet fica mais fácil decidir por qual caminho seguir.

E se surgiu alguma dúvida, nada que um café e uma boa conversa não resolvam!

Gostaria de melhorar a presença da sua marca na internet?